segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Just breathe

In and out, nice and slowly.

O que virá depois não sei, mas para já, isto chega-me.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

So sorry

"- Oh....I didn't see this coming...

- Me neither. What happened?

- I don't know. But it just did.
(start walking away)
Why did you let this happen?

- Me?!?! You're the one who's walking away!!!

- Yeah, but you're the one who's doing nothing to prevent me from walking away from you."

sábado, 6 de novembro de 2010

Don't let me go. Please.


sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O início

Teresa caminhava em passo miudinho, apressado. Nada típico dela. Normalmente caminhava com um passo seguro, confiante. Sempre soube para onde ia, para quê hesitar? Mas hoje não era um dia normal. Não que estivesse com dúvidas...já tinha decidido. E quando punha uma ideia na cabeça não havia quem lhe fizesse frente ou a impedisse de chegar onde queria. Sabia que tinha que ir, sair daquele sítio onde tudo acontecera, esquecer, começar de novo.

Estava uma manhã fresca, uma luminosidade húmida de névoa. Os pássaros mais madrugadores chilreavam. Haviam poucas pessoas na rua, era sábado e a cidade acordava mais tarde. Aqui e ali, alguns noctívagos acabados de sair das últimas discotecas cambaleavam, eles talvez ainda ébrios, elas não apenas isso mas também desequilibradas nos seus saltos altos...rostos esborratados, ensonados...pelo menos era assim que Teresa os via hoje. Lembrou-se de algumas manhãs assim, ainda não há muito tempo...e rapidamente as afastou. Tinha tomado uma decisão.

Chegou ao aeroporto em cima da hora do fecho do check-in (há coisas que nunca mudam).

(to be continued)

Step by step


...towards the cliff.


Will you understand?